Início Reciclagem Coleta de materiais eletrônicos inservíveis em Lages

Coleta de materiais eletrônicos inservíveis em Lages

337
0
COMPARTILHAR

mutirão resíduos
Lages – SC – Logo cedo nesta sexta-feira (21), veículos e funcionários da Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos se deslocaram ao bairro Penha, onde estão sendo recolhidos o chamado lixo eletrônico, produtos inservíveis, que podem ser descartados em frente às residências ou levados até a associação de moradores para o transporte. Estão sendo encaminhados materiais altamente poluentes como baterias, pilhas, lâmpadas fluorescentes, componente e peças de computador, máquinas de lavar roupas, televisores, vídeos-cassete, aparelhos de DVD.

O secretário de Meio Ambiente, Mushue Hampel, acompanha os trabalhos e lembra que o recordista de coleta até agora foi o bairro Habitação, com 570 volumes, em ação promovida no mês passado. Na semana passada o recolhimento foi realizado no bairro Santa Catarina e Araucária com o transporte de 270 volumes. No Dia D promovido em 2013, coincidentemente, o Habitação também liderou a estatística, bem como quando da ocorrência do temporal de granizo, no dia 13 de outubro de 2014, com maior geração de resíduos.

Em 2013, em um único dia, com coleta em pontos fixos, o Dia D de coleta de eletrônicos rendeu quase uma tonelada, com carregamento de dois dumps (papa-entulhos)na praça João Costa, na primeira edição. “Todavia, detectamos que o maior problema não está na área central, mas nos bairros. Independentemente da quantidade recolhida, são itens a menos no meio ambiente”, avalia Hampel.

O secretário apela para que a população dissemine noções de consciência ambiental dentro de casa, entre a família, nos encontros comunitários e nas escolas. A coleta no bairro Penha é auxiliada pelo presidente da associação de moradores, Volni Meros. “Eu moro nesta comunidade há 41 anos e nunca presenciei uma ação dessa natureza. Agradecemos por esse trabalho da prefeitura”, frisa.

Dia 11 no Vila Nova

O mutirão de coleta de lixo eletrônico acontecerá toda segunda e última sexta-feira de cada mês. O próximo bairro a receber a ação será o Vila Nova, no dia 11 de setembro. Normalmente, a Secretaria monta um ponto fixo de coleta na associação de moradores. Veículos percorrem todas as ruas em busca do que é deixado em frente às casas.

O direcionamento correto aos componentes eletrônicos é realizado pela empresa Eco Centro Sul – Gerenciamento de Resíduos Tecnológicos, no bairro Sagrado Coração de Jesus, licenciada para esta finalidade. Todo material entregue é desmontado e cada peça é enviada a empresas especializadas na reciclagem deste tipo de produto.

Campanhas de conscientização e educação ambiental nas escolas são exemplos de iniciativas de estímulo ao descarte legal, assim como o projeto Recicla CDL, com determinação de pontos fixos em locais estratégicos, como no terminal rodoviário Dom Honorato Piazera, 24 horas por dia, inclusive nos finais de semana; Centros de Atenção Integral à Criança (Caics) Nossa Senhora dos Prazeres (bairro Santa Catarina) e Irmã Dulce (Guarujá), e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), ao lado do Terminal Urbano, no Centro.
(Foto: Sandro Scheuermann)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here