Início Água “Diálogos sobre a Água”

“Diálogos sobre a Água”

155
0
COMPARTILHAR

agua

A Aliança Pela Água vai promover, na próxima terça-feira, 28 de junho, das 18h às 21h30, no espaço Aldeia, em São Paulo, o lançamento dos estudos “Managing the Draught / Lições Aprendidas com o enfrentamento da crise hídrica na Austrália” e “Sistema Cantareira e a Crise da Água em São Paulo: falta de transparência, um problema que persiste”. O lançamento será realizado durante o evento “Diálogos Sobre Água – Aprendizados e Perspectivas”, e contará ainda com a apresentação do infográfico “Água na Mídia”.

Realizado por Alliance for Water Efficiency (Chicago, EUA), Institute for Sustainable Futures (Sidney, AUS) e Pacific Institute, ”Managing the Draught” busca identificar as estratégias que as companhias de águas urbanas e agências de águas da Austrália adotaram para sobreviver à pior seca já registrada em sua história – a Seca do Milênio, que durou de 1997 até seu término oficial, em 2012.

Produzido pela Article 19, ‘Sistema Cantareira e a Crise da Água em São Paulo: falta de transparência, um problema que persiste’ tem como objetivo verificar os níveis de transparência nas informações divulgadas pelos órgãos responsáveis pela gestão da agua no Sistema Cantareira, em São Paulo, em 2016.

O infográfico “Água na Mídia” é resultado de pesquisa homónima realizada pelo Instituto Democracia e Sustentabilidade (IDS), que vem acompanhando a cobertura da crise hídrica no Estado de São Paulo pelos principais veículos da imprensa brasileira. Em formato de linha do tempo, ele possibilita uma leitura histórica mensal dos principais acontecimentos ligados à temática da água em SP, em relação ao registro histórico do nível e à vazão média retirada mensalmente do sistema Cantareira.

Por favor, responda a este e-mail para confirmar sua presença no evento.

Programação
18h00 – Abertura
18h15 – “Aliança pela Água: da emergência à construção do debate”
Apresentação: Marussia Whately (Aliança Pela Água)
18h30 – Infográfico: “Água Na Mídia”
Apresentação: Guilherme Checco (IDS)
18h45 – Relatório: “O sistema Cantareira e a crise da água em São Paulo: falta de transparência, um problema
que persiste”
Apresentação: Mariana Tamari (Artigo 19)
19h15 – Relatório: “Lições Aprendidas com a crise hídrica da Austrália”
Apresentação: Maria Cecília Wey de Brito (Aliança pela Água) e mensagem de Stuart White (Institute for Sustainable Futures/Sydney-Australia), em vídeo.
19h45 – Bate papo com apresentadores
20h00 – Coquetel

-‘Managing the Draught / Experiências da Austrália durante a seca do milênio’
Autores: Alliance for Water Efficiency (Chicago, EUA), Institute for Sustainable Futures (Sidney, AUS) e Pacific Institute.
Resumo: A Austrália sofreu a pior seca já registrada em sua história, a “Seca do Milênio”, que durou desde 1997 até seu término oficial, em 2012. Neste período, o país demonstrou inovações sem igual e criou exemplos excepcionais de planejamento e gestão hídrica em resposta à crise. Nos últimos anos, o estado da Califórnia (EUA) também enfrentou secas recorde, sem precedentes. Neste período delicado, as agências norte-americanas olharam para a Austrália para identificar as estratégias que as companhias de águas urbanas e agências de águas adotaram para sobreviver à “Seca do Milênio”. O  estudo, realizado nas quatro maiores cidades da Australia (Sydney, Melbourne, Brisbane e Perth), produziu um resumo do que deu certo e porquê, além de chamar a atenção para as oportunidades perdidas.

Sistema Cantareira e a Crise da Água em São Paulo: falta de transparência, um problema que persiste’
Autores: Artigo19
Resumo: Em 2014 e 2015, a região sudeste do país enfrentou o pior período de escassez da História. Centenas de milhares de pessoas foram obrigadas a conviver com frequentes cortes no abastecimento de água que, em alguns casos, duraram meses. O Sistema Cantareira, responsável por atender quase 50% da população da região metropolitana de São Paulo (aproximadamente 10 milhões de pessoas) quase colapsou. Entre os motivos para a crise está não apenas a falta de chuvas que marcou o período, mas também o modelo de gestão dos recursos hídricos, alvo de amplas críticas da sociedade civil, que endereçavam, entre outras coisas, a falta de transparência na formas como as informações relacionadas à crise foram gerenciadas.
Trata-se de uma atualização do estudo intitulado “Sistema Cantareira e a crise da água em São Paulo: a falta de transparência no acesso à informação”, realizado em 2014. Seu objetivo é verificar os níveis de transparência nas informações divulgadas pelos órgãos responsáveis pela gestão da água no Sistema Cantareira em 2016.

Diálogos Sobre Água – Aprendizados e Perspectivas
Lançamento: ‘Managing the Draught / Experiências da Austrália durante a seca do milênio’ e
‘Sistema Cantareira e a Crise da Água em São Paulo: falta de transparência, um problema que persiste’
Data: Terça-feira, 28 de junho de 2016
Horário: 18h – 21h30
Local: Espaço Aldeia
Endereço: Rua Lisboa, 445 – Cerqueira César, São Paulo – SP

Por favor, responda a este e-mail para confirmar sua presença no evento.

Agência Lema
Leandro Matulja/ Leticia Zioni/ Larissa Marques
agencialema.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here