Início Sem categoria World Animal Protection e o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos...

World Animal Protection e o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 fecham parceria pela proteção dos animais nos Jogos Olímpicos 2016

189
0
COMPARTILHAR

world

Rio de Janeiro – Para assegurar o bem-estar e a segurança de animais e pessoas na cidade de Rio de Janeiro, a World Animal Protection e o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 fecharam parceria para atuação antes e durante os Jogos.

Os eventos acontecerão na cidade do Rio de Janeiro, de 5 a 21 de agosto e 7 a 18 de setembro de 2016, em mais de 30 instalações esportivas diferentes. Muitas espécies de animais vivem nessas áreas ou próximas a elas, como cães, gatos, bovinos, suínos, equinos, gambás, aves, primatas, cobras, jacarés, capivaras, entre outros. Parte desses animais já viviam nessas áreas antes do início das obras dos parques e instalações esportivas. Outros foram abandonados em áreas próximas ou são animais que possuem tutor, mas têm livre acesso à rua. Todos eles precisam ser protegidos e mantidos fora de risco.

A proposta é oferecer às comunidades orientações sobre como cuidar dos seus cães e gatos, treinamentos às equipes operacionais sobre manejo etológico e humanitário de animais, e realizar atividades que promovam o bem-estar animal, como a realização de campanhas de adoção de cães e gatos com a parceria da SEPDA (Secretaria Especial de Promoção e Defesa dos Animais).

“Quando a World Animal Protection apareceu, ficamos muito mais tranquilos porque é uma organização em que todos confiam. O aconselhamento técnico está sendo muito importante para criar e desenvolver os planos de segurança para animais. Sem a World Animal Protection, certamente não conseguiríamos”, afirma Julie Duffus, Gerente de Sustentabilidade da Rio 2016.

Para administrar possíveis ocorrências relativas a esses animais durante as provas, e garantir a segurança dos mesmos, Médicos Veterinários da World Animal Protection estão promovendo capacitações sobre conceitos e práticas do manejo humanitário e etológico de animais domésticos com grupos de funcionários do Comitê Organizador.

A comunidade também será envolvida nessa tarefa em prol dos animais: há um grande número de residências no entorno das instalações esportivas, onde vivem animais domésticos como cães e gatos. Com acesso às ruas, esses animais podem invadir as áreas destinadas às competições e treino, colocando suas próprias vidas em risco e podendo causar acidentes ou interrupções. Para contornar essa questão, a World Animal Protection, junto ao Comitê Organizador, informará a população sobre a importância de manter os animais domésticos seguros e em domicílio durante os eventos, bem como orientará tutores para que adotem também outras práticas de guarda responsável com seus animais.

“O Comitê Rio 2016 mostrou uma grande preocupação e compromisso em colaborar com nossa organização. Estamos trabalhando para garantir que os animais do Rio de Janeiro estejam seguros e seus tutores confiantes de que podem mantê-los bem e fora de risco. Acreditamos que uma cidade Olímpica pode cuidar e acolher seus animais de forma efetiva e humanitária, e esperamos que os Jogos Rio 2016 sirvam de exemplo para outros grandes eventos esportivos de como animais e pessoas podem viver em harmonia”, afirma Rosângela Ribeiro, Gerente de Programas Veterinários da World Animal Protection.

Para que as ações se tornem ainda mais práticas, serão organizadas durante os meses de julho e agosto feiras de adoção para os cães e gatos do Centro de Proteção Animal, localizado na Fazenda Modelo. O espaço, que fica em Guaratiba, possui 13 mil metros quadrados e é mantido pela SEPDA. Com as feiras, haverá maior capacidade de acolhimento de animais no local.

 

Sobre a World Animal Protection

 

A World Animal Protection é uma organização não governamental global, com sede em Londres, que há 50 anos trabalha pela proteção e bem-estar dos animais. Com 14 escritórios em todo o mundo, incluindo no Brasil, atua em mais de 50 países em quatro frentes principais de trabalho: bem-estar de animais de produção, animais em situação de emergência, animais em comunidades e animais silvestres. É a única ONG dedicada ao bem-estar animal com status consultivo pelas Nações Unidas, parceria com a OIE (Organização Mundial de Saúde Animal) e representação junto às instituições europeias.

 

Mais informações com a assessoria de imprensa:

Danielle Bambace  (11) 2344-3775 / (11) 998964468

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here