Início Sem categoria É com tristeza que o Seaworld anuncia a morte da orca Tilikum

É com tristeza que o Seaworld anuncia a morte da orca Tilikum

107
0
COMPARTILHAR

 

A família do SeaWorld está extremamente triste em anunciar que uma de suas orcas mais famosas, Tilikum, faleceu. Tilikum morreu no último dia 6 de janeiro, cercado por seus treinadores, equipe de cuidadores e veterinários que ofereceram a ele um tratamento contínuo e de qualidade inigualável.

Como todo animal de idade mais avançada, Tilikum enfrentou alguns problemas de saúde muito sérios. Enquanto o motivo oficial de sua morte não é determinado até que a necropsia seja finalizada, os veterinários do SeaWorld estavam tratando uma persistente e complicada infecção bacteriana no pulmão. A bactéria suspeita faz parte de um grupo de bactérias encontrado na água e no solo tanto em ambientes selvagens ou zoológicos.

Os veterinários e cuidadores do Tilikum desenvolveram diversas técnicas e dietas durante o tratamento da doença, as quais consistiram, entre outras coisas, em combinações de anti-inflamatórios, bactericidas, remédios para náusea, tratamento para hidratação e terapia antimicrobiana aerossoliazada.

Apesar de hoje ser um dia muito difícil para a família do SeaWorld, é importante lembrar que Tilikum viveu uma vida longa e feliz no SeaWorld e inspirou milhões de pessoas a cuidarem dessa espécie incrível.

A vida de Tilikum sempre será intrinsecamente ligada a perda da nossa querida amiga e colega, Dawn Brancheau. Todos nós sentimos uma profunda tristeza após essa perda, e continuamos a oferecer a Tilikum o melhor cuidado possível todos os dias, com os melhores especialistas em mamíferos marinhos do país.

“Tilikum teve, e continuará a ter, um lugar especial nos corações de todos nós da família SeaWorld, assim como em milhares de pessoas em todo mundo que ele inspirou,” disse o presidente e CEO do SeaWorld, Joel Manby. “Meu coração está junto da nossa equipe que cuidou dele como se fosse da família.”

Tilikum se tornou membro da família SeaWorld há 25 anos. Com uma estimativa de ter 36 anos, Tilikum estava próximo de atingir o máximo da idade esperada para uma orca macho, de acordo com uma pesquisa científica independente.

Tilikum não nasceu nem foi coletado pelo SeaWorld. Ele chegou a nós vindo do Sealand of the Pacific, no Canadá. O SeaWorld não retira uma baleia da natureza há mais de 40 anos. Em março do ano passado anunciamos o fim dos projetos de reprodução de orcas, fazendo com que as que estão atualmente no SeaWorld sejam a última geração sob cuidado humano.

Para saber mais sobre a vida do Tilikum e como as orcas continuam a inspirar os visitantes, acesse: SeaWorldCares.com.

 

Juliana Bordin | Public Relations Brazil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here